Política de Privacidade de Dados


JSERV

Data de atualização: 01/09/2020

A JSERV se obriga, nos termos da legislação em vigor, a garantir a privacidade dos usuários dos seus produtos e serviços. Esta Política de Privacidade explica os processos de Dados Pessoais da JSERV, compreendendo a forma como a JSERV os coleta, utiliza e para que fins.

A JSERV oferece uma grande variedade de serviços. Deste modo, as referências aos produtos JSERV nesta Política incluem sites, aplicativos, softwares e serviços JSERV, além de outras plataformas por meio das quais a JSERV se relacione com os usuários e que exibam esta Política.

Leia os detalhes específicos nesta Política de Privacidade, que fornece informações importantes.

1. Objetivo
Política de Privacidade de Dados foi criada para reafirmar o compromisso com a segurança, privacidade e a transparência no tratamento de Dados Pessoais.


2. Quais Dados Pessoais são coletados?
Os Dados Pessoais inseridos no software da JSERV serão imputados pelo controlador dos dados(condomínio ou empresa de monitoramento), neste caso, nossos clientes e/ou representante legal ou pessoa autorizada. Sendo responsabilidade destes a obtenção do consentimento dos titulares dos dados, ou seja, moradores, colaboradores ou visitantes de cada condomínio quando se fizer necessário.

O Condomínio ou empresa de monitoramento deve coletar o mínimo de dados possíveis para realizar o seu serviço.

Os Dados Pessoais, sensíveis, bem como de crianças e adolescentes coletados são somente aqueles essenciais para a prestação de serviços previamente contratados por nossos clientes e/ou seu representante legal. Há de se ressaltar que os dados coletados e tratados poderão variar de condomínio para condomínio de acordo com os serviços contratados.

Esta política refere-se apenas aos dados imputados única a exclusivamente através do software disponibilizado pela JSERV aos seus clientes e/ou representantes legais.


3. Crianças e adolescentes
Os dados de menores de 18 anos poderão ser imputados no software desde que pelo menos 1 (um) dos pais ou responsável legal autorize, portanto, o responsável por menores deverão autorizar o cadastro de dados dele(s).


4. Para que finalidades utilizamos os Dados Pessoais?
Os Dados Pessoais são coletados para fins de identificação e autorização de acesso, visando a segurança de moradores, visitantes e funcionários; prevenção e combate a crimes praticados por acesso indevido ao condomínio, problemas técnicos ou de segurança nos processos de identificação e autenticação; e até mesmo a melhoria de serviços e da sua experiência. Dentre os dados coletados, podemos tratar dados sensíveis, como biometria e fotografias, para fins de prevenção de fraude e garantia de segurança dos serviços contratados.

Abaixo, estão descritas as finalidades da coleta de dados:

. Cadastro e identificação para controle e monitoramento de acesso de pessoas e veículos ao condomínio;

. Permitir que somente pessoas autorizadas tenham acesso a entrar no condomínio;

. Identificar pessoas que acessaram o condomínio e cometeram algum crime;

. Facilitar e deixar mais seguro o acesso de moradores através de equipamento eletrônicos de controle de acesso;

. Elaboração de estatística de acesso de moradores e visitantes ao condomínio;

. Realização e efetivação de Transações no software/app;

. Apoio à tomada de decisão estratégica, com a metrificação dos dados e análise de padrões de utilização;

. Notificar moradores, gestores e funcionários sobre ocorrências, recados e acessos;

. Cumprir com as obrigações advindas da lei e assumidas no âmbito da contratação dos Serviços e/ou do acesso e utilização à Plataforma;


5. Compartilhamento de Dados Pessoais
A JSERV limita o acesso aos Dados Pessoais ao número mínimo de colaboradores(operadores de sistema, porteiros, etc) que tenham necessidade de acessar referidas informações para fins de cumprir com suas obrigações junto ao condomínio ou empresa de monitoramento;

Toda e qualquer informação poderá ser fornecida para atendimento de obrigação judicial ou regulatório sem prévio aviso as partes.


6. Retenção de dados
Seus Dados Pessoais serão retidos e mantidos em nosso banco de dados enquanto for necessário para prestar os serviços contratados pelo condomínio ou empresa de monitoramento e também para fins de cumprimento de obrigações legais e solução de disputas.


7. Alteração/exclusão de informações pessoais
O titular dos dados poderá realizar por aplicativo(se contratado) ou solicitar a revisão e correção e exclusão de seus dados sem qualquer ônus e a qualquer tempo ao controlador dos dados, ou seja, o condomínio ou empresa de monitoramento contratante da JSERV, e este procederá com as alterações no software. Ao final da relação comercial, vamos excluir todos os dados de nossa base e o condomínio ou empresa de monitoramento fica responsável por fazer ou solicitar uma cópia dos dados necessários para cumprimento de obrigações legais.

Os dados coletados pela JSERV serão excluídos de nossos servidores quando você solicitar ou quando não forem mais necessários para a finalidade proposta, salvo se houver outro motivo para a sua manutenção, como o cumprimento de uma obrigação legal ou a necessidade de preservação dos dados para assegurar o exercício de direitos da JSERV.


8. Segurança dos dados
A JSERV está empenhada em garantir a proteção e a confidencialidade dos dados aos quais venha a ter acesso, em especial no que diz respeito aos Dados Pessoais, de acordo com os fundamentos, princípios e demais disposições previstas na Lei Geral de Proteção de Dados e demais legislação aplicável.

Com a finalidade de garantir a sua privacidade e a proteção dos seus Dados Pessoais, adotamos as melhores práticas de segurança da informação e desenvolvimento seguro existentes no mercado, ou seja, desenhamos produtos e serviços que promovem a proteção dos seus dados e nos quais você pode gerenciar as suas informações diretamente. E aliado a esse conceito, adotamos práticas de criptografia em senhas e demais informações críticas, contratação de serviços cloud com certificações e selos de segurança, como ISO 27001, SOC 1 and SOC 2/SSAE 16/ISAE 3402 e PCI DSS, monitoramento de sistemas 24/7, Anti-malware, Anti-phishing, controle de conteúdo e VPN.

O Software está hospedado em um datacenter com uma equipe de mais de 3.500 especialistas em segurança cibernética global que trabalham juntos proteger seus dados.

Segurança moderna fornecida nos data centers globalmente. Nuvem criada com hardware personalizado e que tem controles de segurança integrados aos componentes de hardware e de firmware, bem como proteções adicionais contra ameaças como ataques DDoS.

Nosso software utiliza medidas técnicas e administrativas para proteger os Dados Pessoais de acessos não autorizados e de situações acidentais ou ilícitas de destruição ou perda.

Nossa solução é baseada em ambiente WEB e utiliza certificado SSL para comunicações seguras na internet.

Os Backups do banco de dados são criptografados em trânsito e em repouso.

Nós nos esforçamos para proteger a privacidade de sua conta e de outros Dados Pessoais que mantemos seus em nossos registros, por isso, nos ajude a manter um ambiente seguro para todos. Além de adotar boas práticas de segurança em relação a sua conta e aos seus dados, caso você identifique ou tome conhecimento de algo que comprometa a segurança dos seus dados, você pode entrar em contato com o controlador (condomínio ou empresa de monitoramento).


09. Vazamento de dados
Nossa política de segurança de dados visa evitar o vazamento de dados, porém caso o mesmo aconteça, será comunicado ao condomínio/empresa e também à Autoridade Nacional de Proteção de Dados.


10. Base legal para utilização de seus Dados Pessoais

O condomínio ou empresa de monitoramento deve dispor de uma base legal apropriada para fins da coleta dos Dados Pessoais e posterior Tratamento.

Motivos pelo qual podemos utilizar seus dados, de acordo com a legislação de proteção de dados:

Dependendo da finalidade para a qual os dados são utilizados, a base legal para o tratamento dos seus dados pode ser:

- Seu consentimento, que deverá ser obtido pelo condomínio ou empresa de monitoramento, quando esse se fizer necessário;

- Legítimo interesse do controlador, que pode ser:
      Proteção dos moradores, visitantes e funcionários do condomínio, evitando acesso indevido de pessoas não autorizadas e criminosos.

- A execução de um contrato: mais especificamente para fornecer os serviços solicitados / contratados;

- O fundamento jurídico, quando o tratamento é exigido por lei.


11. Referências Lei n° 13.709/2018 - Lei Geral de Proteção de Dados